The Babbel Blog

language learning in the digital age

Dica do usuário: como memorizar o vocabulário

Posted on June 4, 2014 by

Vocabulário: Nós perguntamos aos usuários quais os métodos que eles usavam para memorizar as palavras aprendidas de uma vez e as dicas que eles nos enviaram foram simplesmente ótimas! Alguns utilizam as maneiras mais clássicas e outros são um pouco mais espontâneos. Qual desses métodos você costuma utilizar? Envie-nos sua dica nos comentários.

 

1. Eu faço exercício enquanto repito as palavras – Joseph

Esta forma de aprender vocábulos tem se demonstrado bastante efetiva. Um estudo em 2010 testou pessoas que aprendiam vocábulos enquanto andavam de bicicleta. Os pesquisadores descobriram que decorar o vocabulário enquanto se faz um atividade física ajuda na memorização de novos termos.

2. Cantar as palavras aprendidas (traduzido do francês) – David (e Charlie)

Como se costuma dizer, “quem canta seus males espanta”. Cantar não somente espanta males, como ajuda no aprendizado. E, por isso, não é somente uma maneira excelente de decorar o vocabulário, mas extremamente efetiva para aprender idiomas em geral – dê uma olhada no post de Benny Lewis sobre o assunto, inclusive o karaoke. Pesquisadores da Universidade de Edimburgo descobriram que os adultos que cantavam palavras ou expressões no idioma estrangeiro, podiam pronunciá-las duas vezes melhor depois da cantoria.

 

3. Escrever as palavras em cartões de memória e aprender com esses cartões sempre que possível – Stefan (e Milène)

Utilizar cartões de memória é uma técnica bastante usada e conhecida. Algumas pessoas gostam de cartões de memórias com imagens de um lado e a palavra do outro, já outras preferem uma breve descrição do significado da palavras ou a tradução no verso. As duas maneiras possuem a vantagem de que você pode jogar uma grande quantidade de jogos com esse método – jogos de memória, misturar e combinar cartões, classificar os cartões através de categorias, combiná-los para criar frases e muito mais.

 

4. Usando a palavra em uma sentença ou em uma conversa imaginária (sim, eu tenho altos papos comigo mesmo em idiomas estrangeiros) – Chris (e Zelu)

Não seja tímido! Um dos colobaradores poliglotas da Babbel, Matthew Youlden, utiliza essa técnica também.

 

5. Eu sempre assisto filmes no idioma original com legendas também no idioma original. Quando eu encontro uma palavra que eu não conheço, eu a anoto e vejo o significado. Depois, assisto o filme novamente com as palavras traduzidas. Isso funciona mesmo – Claudio

Uma ideia genial para os cinéfilos. Tomará um bom tempo, mas se você adora cinema e idiomas, por que não? O que pode ser mais gostoso do que curtir Almodovar ou Bergman no idioma original?

 

6. Jogar videogames no idioma que estou aprendendo (traduzido do francês) – Julius

Sem dúvida alguma. Videogames são uma excelente ferramenta pois eles reutilizam e repetem o vocabulário o tempo todo e sem que você se dê conta disso. Contudo, é impressionante como o poder dos videogames ainda não é aproveitado no aprendizado de idiomas. Com o nascimento dos denominados jogos multiplayer online e a possibilidade de alterar as configurações da região vencendo assim limites geográficos e linguísticos, já está na hora desse recurso começar a ser levado a sério. Isto porque, jogos criam, com frequência, situações autênticas que exigem uma ação real e imediata – não há tempo para consultar um dicionário quando um exército de orcs está pronto a atacar.

 

Finalmente, uma super dica enviada pela Lavinia, Iyes e Nicole, que disseram que a melhor maneira de memorizar vocabulário é… usar a Babbel! Obrigado a todos que contribuíram através do Facebook. Por favor, deixem os seus comentários abaixo.

 

Comments

Eu adoro os ensinamentos Babel, apenas meu tempo que está por organizar.

Concordo com a Eliana. A Babbel é criteriosa quanto à repetição de palavras. Errou uma vez, com a repetição você já não erra mais. A dica dos cartões também é ótima. Há jogos de fixação (memória) no mercado, mas você pode criar seu próprio “jogo de memória para idioma” criando cartões com as palavras e um desenho alusivo ao assunto ou palavra que se quer aprender. Isso funciona mesmo. Quando me desloco de ônibus, vou manuseando os cartões e na segunda vez já fixou. Estou tentando aprender Japonês com o método dos cartões. Figura de um lado, texto do outro. Obrigado Babbel por propiciar este recurso de compartilhamento. E parabéns pela idealização desses cursos que batem em excelência, muito cursos editados no exterior. Cleibe Palone em 11 de abril de 2016.

Gosto da Babbel pois é divertido e eficiente. Você pode praticar em qualquer lugar. O meu método é escrever frases, verbos e suas conjugações. Ouvir música, ver filmes tudo isso ajuda. Basta ter disposição!

Eu associe sempre com um objecto, aponto numa agenda e repito mais de quatro vezes e memorizo, além de assistir filmes em inglês

Eu utilizo várias maneiras! Eu mudei o idioma das minhas redes sociais para o idioma que estou aprendendo. Assim eu me vejo obrigado a aprender e se torna bem mais fácil a memorização e significado de palavras, pelo fato de o contato com as “redes” serem constantes.

Boa noite a todos!

Gostaria de fazer esse curso, mas…, não tenho e não quero ter cartão de crédito.Vocês não aceitam mercado pago ou algum similar, para que eu possa fazer o curso de inglês?
Obrigada.

Olá Lúcia,
Agradecemos pelo seu comentário. Por favor, entre em contato direto com support@babbel.com para que nossa equipe de atendimento possa ajudá-lo.

Falo sozinha, pareco uma doida. Mas uma coisa muito boa tbm e’ repetir e repetir quantas vzs for preciso as etapas do curso, eu faco um, repito , se tenho duvidas repito outra vez e faco todas as revisoes. Tem que fazer o cerebro trabalhar . Grazie Babbel .

Eu falo caetões com frezes para decor

Boas as dicas !

Estou começando Frances, vou experimentar todas as dicas, os exercícios de repetição e correção da Babel são ótimos,

comecei um curso de ingles e fiz um de francês na Babbel e nao aprendi nada mas a culpa nao pode ser atribuida (somente) à Babbel. Gostaria de receber orienação para novo curso.

Olá Zildo,
Agradecemos pelo seu comentário. Por favor, entre em contato direto com support@babbel.com para que nossa equipe de atendimento possa ajudá-lo.

Aplicativos gratuitos de palavras cruzadas no idioma em estudo também ajuda a conhecer novas palavras e decorá-las.

Maneira mais fácil
é repetir as frases

Aprendo aos poucos com o método Babbel,a repetição é tudo de Bom.Vou adotar as novas formas para diversificar! Muito obrigada LIZA.

eu levo a palavra para o tradutor do celular sempre,e assisto a clips com tradução.

Acho o método da Babbel muito bom. A base que tenho em edpanhol, aprendi através de músicas, espanholas. Já viajei pra alguns países de língua edpanhola, e, até que deupra me virar. Comecei edtudar com a Babbel, mas edtou afadtada, por falta de tempo, e ou, preguiça mesmo. Mad vou voltar breve. E vou usar essas dicas.

Para gravar os numeris, eu conto minhas séries de exercícios na academia em vários idiomas. Como são muitas repetições, vou decorando os números. Parece bobagem, mas senti a falta de saber e compreender facilmente os números na hora de pagar o supermercado ou os bilhetes de metrô em outros paises, pois não entendia os valores quando o caixa dizia e não sabia que nota$$ dar…

Eu gosto muito das dicas 2, 4 e 5!

Eu estou começando e uso as coisas do dia a dia para ver se chego a algum lado
Obrigado
Jose Pereira

Gostei bastante da dica 5. Amo filmes e estou precisando aprender inglês.

Olá!
Anoto cada palavra nova em um caderno

Converso com meus filhos sobre o que já sei. Faço isso em francês. É delicioso.

Faco 3 sentencas com a nova palavra. Nunca mais esqueco o novo vocabulo.

Eu já falo 4 idiomas (português, italiano, espanhol e inglês). Cada idioma que aprendo uso o método comparativo ou seja palavras que se parecem umas com as outras, sempre haverá. E agora estou aprendendo o francês que é primo de 2° do português.

Dica número cinco, assistir filmes no idioma original. Essa funciona de verdade.

Tânia gosta muito de usar fichas e nomear objetos da casa com etiquetas em inglês e passo dia lendo todas until foods that I like to eat during the week. This is my way.
thank you

Eu escuto muita música com aplicativo de Tradição instatânea, e vez em quando uso o letroca em Inglês… É muito bom.
Deveria falar quase que fluente poré, sou timido tenho Verona de falar era do e isso me atrapalha muito!

Para mim, a revisão que a Babbel apresenta todos os dias, com repetição inúmeras vezes das palavras que errou é ainda o melhor método

Eu também converso comigo mesma no idioma que estou aprendendo além de ver vídeos no idioma original, funciona muito bem.

Leave a Reply